EI! Não vá ainda

Fique por dentro de todo nosso conteúdo.

Aproveite também e assine nossa newsletter
para não perder mais nada.

Quase no final... Precisamos confirmar o seu endereço de e-mail.
Para concluir o processo de assinatura, clique no link existente no e-mail que
acabamos de enviar para você.

Mar Morto e Mar da Galileia: o mistério de dar e receber


  • Há um fato muito interessante em Israel que envolve os dois mares naquele país: o mar da Galileia e o mar Morto. O mar da Galileia recebe águas do rio Jordão, que começa bem ao norte de Israel e deságua nele. Toda a região do mar da Galileia é cheia de vida. Ali a economia local prospera. O mar da Galileia devolve água ao sul, que cruza Israel até chegar ao mar Morto, onde o rio Jordão deságua. O mar Morto, por sua vez, não deságua em outro lugar. As águas morrem por lá e ele é chamado assim porque no local não há vida.

    A lição que temos com esses dois mares ali dentro da Terra Santa é muito óbvia: quando a pessoa apenas recebe e não dá, não doa, aquilo morre com ela. A pessoa fica infrutífera, sem vida. Pessoas mesquinhas, egoístas, sovinas são solitárias, não desfrutam de grandes amizades. Se existirem pessoas próximas a elas é porque elas têm algum dinheiro e as pessoas estão ali por interesse.

    Quando você olha a mentalidade do pobre, você observa que ele pensa assim: eu tenho que receber, porque sou pobre. Além disso, o pobre tem raiva do rico, que tem mais do que ele, tem inveja ou ressentimento e não reparte o que tem. Já o rico entende que tem que investir para ganhar. Ele precisa gastar para ter retorno do investimento.

    Essa lei prevalece nesses dois perfis de pessoas e a Palavra de Deus se confirma em relação a isso no livro de Provérbios 11.24: “A quem dá liberalmente, ainda mais se lhe acrescenta mais e mais; ao que retém mais do que é justo, ser-lhe-á em pura perda”. Quem tem e dá liberalmente ganha mais e quem tem e retém acaba perdendo até o que não tem.

    Que tipo de pessoa você é? Que tipo de cristão você é? Você acorda pela manhã e pergunta a Deus o que você pode fazer para agradá-Lo mais e para servi-Lo mais? Tem dado daquilo que tem recebido? Ou você tem retido isso? Tem guardado por medo de faltar? Saiba que esse pensamento egoísta é o que vai te levar à miséria e à solidão, porque o pensamento de uma pessoa próspera e cheia de vida, rica espiritualmente e fisicamente, é o de uma pessoa liberal, que dá e não tem medo de perder e de investir com inteligência. O rico não queima dinheiro, não joga dinheiro fora, mas sabe que se não investir não vai ter retorno.

    (Você também pode ouvir o áudio acima – 8 mins).

     

    Veja também:

    Cadastre-se nesse blog e seja avisado de novos posts…

Acesse também

Free WordPress Themes, Free Android Games