EI! Não vá ainda

Fique por dentro de todo nosso conteúdo.

Aproveite também e assine nossa newsletter
para não perder mais nada.

NUNCA apoie sua vida em um ditado popular


  • NUNCA apoie sua vida em um ditado popular

    “O único amor verdadeiro é o amor de mãe.”

    SERÁ?

    Tente dizer isso para as crianças abandonadas nas ruas, as filhas vendidas para a prostituição, e os filhos que continuaram sofrendo abuso com o conhecimento de suas genitoras.

    Não, não tirei o dia para falar mal das mães — a maioria ainda é um exemplo de amor. Apenas quero apontar mais uma falsa crendice popular criada por pessoas decepcionadas na vida amorosa.

    Amor verdadeiro mesmo, só o de Deus. Nós seres humanos, por nossa distância Dele, não sabemos amar como convém. Por isso, se você não procurar APRENDER com a Fonte do Amor, não importa se você é mãe, pai, esposa, marido, apaixonado ou amante — você não saberá amar na prática.

    Quantas mães, com todo seu amor, acabaram sem querer deixando traumas e complexos em seus filhos? “Ah, você tinha que ser mais como sua irmã…” “Do jeito que você é, nenhum homem vai querer casar com você…”

    Melhores das intenções, piores formas de buscar o efeito desejado. Sim, até o proverbialmente perfeito “amor de mãe” pode ferir o filho por ignorância. É por isso que todos nós precisamos APRENDER a amar, não apenas depender de sentimentos de amor. Sentimentos, afinal, e não a inteligência, estão entre os maiores geradores de ditados e crendices populares.

    Em vez de apoiar sua vida em um ditado popular, construa-a sobre os infalíveis e inteligentíssimos conselhos de Deus.

    PS. Dica: O texto acima não é sobre mães.

     

    Veja também:

    Cadastre-se nesse blog e seja avisado de novos posts…

Acesse também

Free WordPress Themes, Free Android Games