EI! Não vá ainda

Fique por dentro de todo nosso conteúdo.

Aproveite também e assine nossa newsletter
para não perder mais nada.

Quase no final... Precisamos confirmar o seu endereço de e-mail.
Para concluir o processo de assinatura, clique no link existente no e-mail que
acabamos de enviar para você.

#15: O seu relacionamento com você


  • #15: O seu relacionamento com você

    Você gosta de você? Sua resposta sincera poderá revelar as razões por trás de muitos de seus comportamentos na vida amorosa.

    (Antes de prosseguir, um esclarecimento: gostar de si mesmo não se trata aqui de narcisismo — a paixão descontrolada por si mesmo. Me refiro ao amor próprio saudável, necessário a todo ser humano.)

    O problema é que quando você não gosta de você, você se torna uma pessoa insuportável:

    – Carente
    – Insegura
    – Excessivamente autocrítica
    – Possessiva
    – Exibe comportamentos autodestrutivos
    – Instabilidade emocional
    – Usa de chantagens emocionais para conseguir o que quer dos outros
    – Manipuladora
    – Se isola das pessoas
    – Tem dificuldade de manter amizades
    – Fala demais ou de menos
    – Não sabe se comportar em situações sociais (por isso as evita ou não se sente bem-vinda quando está nelas)…

    Não é difícil entender o porquê: nem você se gosta! Quantos dos itens acima se assemelham a você?

    É difícil amar quem não se ama. As pessoas boas lhe olham e sentem pena de você. As pessoas más lhe tiram vantagem. Quer dizer, você não se sente querido por ninguém — nem por quem é bom, nem por quem é ruim. E isso só reforça sua opinião de si mesmo: “Eu não sou uma pessoa gostável”.

    Se você não se gosta, você nunca terá uma vida amorosa feliz. Você precisa resolver esse problema. Como?

    Primeiro, descubra: por que você não se gosta? O que em você lhe desagrada? Escreva as respostas.

    Segundo, identifique quais dessas coisas são reais e quais são apenas pensamentos negativos plantados em sua mente por outras pessoas. Por exemplo, talvez você realmente é uma pessoa ciumenta e precisa mudar isso. É um problema real. Mas talvez seu desgosto com uma parte do seu corpo está apenas em sua mente, plantado pela opinião de terceiros segundo os padrões de beleza das revistas de moda. É um problema que precisa apenas de um ajuste na sua maneira de pensar, e não necessariamente de uma cirurgia plástica.

    Terceiro, você precisa acreditar em quem realmente gosta de você. Alguém vê sua beleza e potencial. Seja seu pai ou mãe, irmão, marido ou esposa, avós, professor, filho, amiga — essas pessoas provavelmente existem e já expressaram coisas positivas a seu respeito. Talvez você preferiu ouvir quem o criticou, mas isso não invalida a opinião positiva de quem o admira. Decida ouvir e acreditar em quem gosta de você — dos quais o principal é Deus. Desde o dia em que eu descobri o que Ele pensa de mim e como me vê, eu nunca mais duvidei do meu valor.

    Para acertar sua vida com alguém, comece se acertando consigo mesmo. Pare de errar. Pare de se desgostar. Resolva seu relacionamento consigo mesmo. Afinal, já que você nunca irá conseguir se separar de si mesmo, é melhor aprender a conviver juntos…

    Veja também:

    Cadastre-se nesse blog e seja avisado de novos posts…

     

     

     Curta nossa página no Facebook. 0% de besteira garantido — ou o seu click de volta.

     

     

     

Acesse também

Free WordPress Themes, Free Android Games