EI! Não vá ainda

Fique por dentro de todo nosso conteúdo.

Aproveite também e assine nossa newsletter
para não perder mais nada.

Pensamento #36 — Síndrome da justiça própria


  • Pensamento #36 — Síndrome da justiça própria

    Parte da série “40 Pensamentos de Jesus”. Veja todos os anteriores aqui, mas primeiro saiba como funciona o propósito aqui.

    O fariseu, posto em pé, orava de si para si mesmo, desta forma: Ó Deus, graças te dou porque não sou como os demais homens… Lucas 18.11

    Jesus expressou através da história acima o seguinte pensamento: “Se você andar por aí de nariz empinado, vai acabar de cara no chão, mas, se com humildade enxergar quem você é, acabará se tornando uma pessoa melhor.” Ou seja, quem se exalta será humilhado, quem se humilha será exaltado.

    O fariseu na história se achava muito bom, certinho, bem acima das demais pessoas que via ao seu redor. Cheio de si, orava de si para si mesmo. Note: para si mesmo, não para Deus. É claro que Deus não perde tempo com orações de pessoas assim. “Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes.” (1 Pedro 5.5)

    Infelizmente as pessoas para quem este Pensamento é dirigido quase nunca perceberão o recado. Elas entenderão a mensagem mas logo pensarão que é a respeito de outros, não delas mesmas. Elas se acham justas. São sábias aos próprios olhos. Pensam que quase nunca erram. E quando erram, é sempre com boa justificativa.

    Perceba se você costuma contar muito suas próprias vantagens e qualidades; apontar os defeitos dos outros; ter dificuldade de enxergar ou reconhecer seus próprios erros; usar muito “eu sempre…” em seu linguajar, e em seguida mencionar alguma virtude sua (ou “eu nunca…” seguido de algo negativo). Você constantemente se acha desapreciado porque as pessoas não lhe reconhecem? Seu orgulho é ferido e sua raiva se acende quando é chamado a atenção?

    Se você costuma ter alguma dessas atitudes, provavelmente tem a síndrome da justiça própria.

    Caia na realidade. Ser humilde é ser verdadeiro consigo mesmo pois ninguém está com essa bola toda.

    Aplicação: Esforce-se para ser o melhor e fazer tudo com perfeição — mas nunca para esperar reconhecimento dos outros nem buscar glória própria.

    Como você lida com seus sentimentos de estar sendo desprezado, chamado a atenção, ou falta de reconhecimento? Você tem dificuldade de enxergar seus erros? Tem facilidade de notar os dos outros? Como uma pessoa pode ser sinceramente humilde? Deixe seu comentário.

     

     

    Veja também:

    Cadastre-se nesse blog e seja avisado de novos posts…

     

     

131 Responses to Pensamento #36 — Síndrome da justiça própria

Acesse também

Free WordPress Themes, Free Android Games