EI! Não vá ainda

Fique por dentro de todo nosso conteúdo.

Aproveite também e assine nossa newsletter
para não perder mais nada.

Quase no final... Precisamos confirmar o seu endereço de e-mail.
Para concluir o processo de assinatura, clique no link existente no e-mail que
acabamos de enviar para você.

Dois tipos de mentirosos


  • Dois tipos de mentirosos

    Ninguém acredita no mentiroso, nem quando ele diz a verdade. Mentir é uma das atitudes mais burras que existem. Não funciona — às vezes nem a curto prazo. Mas mesmo assim é praticada por muitos.

    Há dois tipos de mentirosos:

    1. Aqueles que mentem por medo. Seja vergonha da verdade, culpa, medo de ser confrontado ou enfrentar as consequências, medo de perder bens, a amizade ou amor de alguém — esses mentirosos são aqueles que mentem quando dizer a verdade seria muito, muito mais fácil. Por alguma coisa mal resolvida dentro deles, esse medo é mais forte que a razão.
    2. Aqueles que mentem como modo de operar. Estes enganam deliberadamente, sem ressentimento ou reserva, a fim de alcançar seus objetivos egoístas. Sabem o que estão fazendo. São bons nisso. Convincentes. E perigosos.

    Meu conselho: fuja dos últimos e evite os primeiros. O grande erro de muitos é achar que os do primeiro grupo são pobres vítimas e que com muito amor e paciência poderão mudar.

    Sim, mudança sempre é possível, e sou o primeiro a crer nisso. Mas não são amor e paciência que vão causar essa mudança. Perdoar o mentiroso e deixá-lo se sentir a vítima não o ajudará. Sua melhor chance de mudar é sofrer as consequências de suas mentiras. Assim, a dor, a perda, a vergonha, a humilhação e outros castigos que a própria vida impõe aos mentirosos podem levá-los ao verdadeiro arrependimento.

    Se você está em um relacionamento com um mentiroso, pare tudo. Resolva a questão da mentira primeiro. Não há relacionamento onde há mentira. Portanto, se ela não for resolvida, o relacionamento não pode continuar — não importa quantas coisas positivas existam além das mentiras.

    Vou repetir: não há relacionamento onde há mentira.

    Se você pensa que há, aí você está mentindo para si mesmo.

     

     

    Veja também:

    Cadastre-se nesse blog e seja avisado de novos posts…

     

     

Acesse também

Free WordPress Themes, Free Android Games