EI! Não vá ainda

Fique por dentro de todo nosso conteúdo.

Aproveite também e assine nossa newsletter
para não perder mais nada.

Quase no final... Precisamos confirmar o seu endereço de e-mail.
Para concluir o processo de assinatura, clique no link existente no e-mail que
acabamos de enviar para você.

5 coisas que as religiões não querem que você saiba (1ª parte)


  • 5 coisas que as religiões não querem que você saiba (1ª parte)

    O que estou prestes a lhe dizer não vai fazer o típico líder religioso muito feliz. Também não me vai tornar muito popular entre os que movimentam a máquina religiosa na sociedade, seja qual for a crença ou denominação. Estas são as verdades que as religiões nunca vão admitir sobre si mesmas. Ainda assim, sinto-me no dever de lhe contar por que as religiões têm decepcionado os seus seguidores, a sociedade como um todo, e ao próprio Deus. E então vou lhe mostrar a alternativa.

    Quero salientar que não estou criticando uma religião em particular. Eu não preciso fazer isso, já que o que vou dizer se aplica a todo o tipo de religião, grande ou pequena.

    Por que você deveria se importar com o que vou revelar aqui? Por que é importante que você saiba? Porque talvez você tem se decepcionado com as religiões; ou então você é fiel a uma religião; na pior das hipóteses, você gosta da ideia de estar afiliado a uma religião, apenas por desencargo de consciência, mesmo que você não a pratique. Mas, afinal, o que as religiões estão escondendo de você?

    Aqui estão 5 coisas que elas não querem que você saiba:

    1. Você não precisa delas para chegar até Deus. Geralmente, as religiões apresentam-se como as guardiãs do céu. “Se você não vier até nós, não poderá chegar até Deus.” Nada está mais longe da verdade. Mas esta atitude não é novidade alguma. Quando Deus viu que as religiões estavam fechando os portões para o céu, Ele enviou o Seu Filho para limpar o caminho. “Ninguém vem ao Pai senão por Mim,” disse Jesus. Sendo assim, o que você precisa para chegar até Deus é de um relacionamento íntimo com Jesus. E isto não é uma religião.

    Continua aqui…

Acesse também

Free WordPress Themes, Free Android Games