O livro: Crentes Possessos

 

Leia-um-trecho-do-livro_1

crentes-possessos

Cotações de Crentes Possessos

Quanto mais as pessoas experimentam uma vida cristã infrutífera, maior é a tentação de ser fraco e indiferente às coisas de Deus, porque Suas promessas não estão se cumprindo. Com o tempo, a tendência é que essas pessoas se tornem cada vez mais frias em relação a Deus até que cheguem ao ponto de caírem totalmente e perderem a salvação ou se tornem cristãs insensíveis, apáticas e religiosas. Se por acaso não caírem, mas se tornarem cristãs mornas, seus filhos, que veem suas vidas fracas e miseráveis, irão seriamente duvidar que a fé realmente funciona e também poderão se tornar cristãos falsos ou simplesmente rejeitarão a Deus por completo. (pg. 150)

Naquele momento, o desejo por minha própria cura veio até mim e falei com Deus de um jeito que eu nunca tinha falado antes. “Senhor Deus, sou a esposa do pastor. Sou uma cristã melhor do que aquelas pessoas que saíram. Eu conheço o Senhor e a Bíblia desde criança. Mas elas saíram daqui curadas e eu sairei daqui cega. Por favor, Deus, responda-me: O que elas têm que eu não tenho? O que elas fizeram que eu ainda não fiz?” (pg. 37)

Se somos espiritualmente livres, haverá bons frutos para confirmar nossa liberdade — assim como haverá maus frutos para confirmar a opressão ou possessão pelos maus espíritos. Nosso carácter e vida revelam quem está vivendo em nosso coração: ou Jesus ou o diabo. (pg. 70)

Temos de entender que os demônios são terroristas. Eles não seguem regras. São implacáveis. Se o povo de Deus se levantar e resistir, os demônios serão forçados a se submeter. Porém, se ninguém mostrar resistência eles vão a todos, sem levar em conta quem são e o que fizeram para merecer o ataque. (pg. 70)

Há uma grande guerra espiritual acontecendo ao nosso redor todos os dias, e se não aprendermos a lutar, certamente ficaremos feridos. (pg. 68)

Expulsar maus espíritos era uma tarefa muito comum no dia a dia do Senhor Jesus e Seus discípulos — algo simples, frequentemente realizado em público, e poderoso. (pg. 67)

É interessante que o Espirito Santo nos ensina a renovar a mente, não apenas o comportamento ou mesmo o coração. Deus espera que usemos nosso intelecto — não como o mundo faz, mas como Ele faz. A renovação de nossas mentes só é possível quando Sua Palavra se torna a fonte de informação mais importante em nossa vida. (pg. 202)

A fé com inteligência vê além dos limites do nosso mundo e sabe que mesmo as leis da natureza podem ser mudadas quando a fé é colocada em prática. (pg. 200)

Se os outros olham para sua vida e não veem nenhuma diferença entre ele e um mundano, se não há poder, nenhuma convicção, nenhuma paixão por servir a Deus, e se reage aos problemas do mesmo modo como sempre fez — com medo e preocupação — então, sua “mudança de vida” não passa de palavras e ideias. (pg. 153)

De um modo geral, encontrei uma fé entre o povo africano que afetou profundamente a minha própria fé. Era uma fé determinada e incansável de que Deus certamente seria fiel e cumpriria Suas promessas. O que mais me chamou a atenção na fé dos africanos foi a simplicidade, como a de uma criança — o que certamente tocava o coração de Deus. (pg. 225)