Blog

Você sabia que uma das formas de você ser humilde é aceitar quem você é?

O mundo está sempre nos manipulando para sermos alguém que não somos… Se você é morena, tinha que ser loira e vice versa. Se você é baixa, tinha que ser alta e vice versa. Mas talvez a manipulação mais sutil de todas é que nós mulheres devemos ser como os homens em tudo. #queabsurdo!

Homem é homem. Mulher é mulher. Cada um tem seu jeitinho de ser… ele masculino e ela feminina. Se tirar a masculinidade do homem e a feminilidade da mulher, você fica com um ser humano totalmente sem noção de seu valor e essência. #triste

Portanto, a tarefa como oferta 11 vai lhe ajudar a continuar com a sua TCO anterior sobre orgulho, mas com um pouquinho de gosto: Você vai INVESTIR NO SEU LADO FEMININO.

Como assim, Cris?

Infelizmente, hoje a mulher é tão incentivada a ser como o homem que ela pensa que ser feminina é ser fraca… mas veja o que significa ser feminina, e depois me diga se isso faz mal a você:

  • Ser feminina é ser graciosa
  • Ser feminina é ser gentil
  • Ser feminina é ser bondosa
  • Ser feminina é ser cuidadosa
  • Ser feminina é ser educada
  • Ser feminina é ser discreta
  • Ser feminina é ser carinhosa
  • Ser feminina é ser maleável
  • Ser feminina é ser elegante

E aí, isso faz mal ou bem a você? E às demais pessoas? É sinal de fraqueza ou de força feminina?

Pratique essas qualidades acima. Aqui vão alguns exemplos:

  • Não fale palavrão.
  • Dê bom dia a todos em casa e no trabalho com um sorriso nos lábios.
  • Use roupas femininas. Muitas vezes essas roupas não são as mais confortáveis, mas já reparou que elas fazem você andar com mais postura? E quando você usa uma saia, já se deu conta que você fica mais cuidadosa na forma de andar e sentar?
  • Seja carinhosa com os seus filhos, seus pais, seus irmãos. Às vezes, um elogio faz o dia deles!
  • Ouça mais os outros e fale menos.
  • Repare no seu tom de voz.
  • Faça o seu lar aconchegante para sua família.
  • Procure ser hospitaleira.
  • Seja gentil com o seu próximo.
  • Não seja respondona; respeite.

Compartilhe suas mudanças já feitas (não as que você ainda não fez) com a sua amiga como irmã e use o seu diário para anotar como foi praticar essa tarefa como oferta.

Na fé e no Esconderijo do Altíssimo.

shutterstock_253564423

 

Colaborou: Cristiane Cardoso

Participe! Deixe seu comentário sobre este post