Blog

Olá a todas!

Quero estrear 2018 com um post aqui para vocês… sei que tenho estado “sumida” mas quero reforçar a todas que nunca estive tão presente 🙂

Ontem, no último dia de 2017, Deus falou tão forte comigo na reunião da manhã, que logo pensei isso tem que ir para o meu blog! Estávamos meditando sobre o Salmo 91 e no *propósito que começamos para os primeiros noventa e um dias do ano, e essa palavra “esconderijo” se ressaltou para mim.

“Aquele que habita no Esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará.” Salmo 91:1

Me lembrei das vezes que brincava de pique-esconde numa época em que não havia celular nem vídeo game e as crianças consequentemente eram bem mais inocentes. A ideia do jogo era não ser achada, ou seja, quem era achada, perdia. E nessa, sempre procurávamos esconderijos inusitados… dentro do armário, debaixo da cama, entre outros. Eu me escondia tão bem que o jogo tinha que acabar para que eu saísse do meu esconderijo, e mesmo assim fazia isso sem que me vissem para manter aquele esconderijo secreto para os próximos jogos.

Hoje, não brinco mais de pique-esconde, a vida deixou de ser uma brincadeira e passou a ser um jogo de vida ou morte. O mundo em que vivemos quer te diminuir, humilhar, caluniar, desrespeitar, e desvalorizar e como se livrar dele? Se você não sai de casa, ele entra na sua casa através da TV, da Internet ou através de seus familiares. Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come. Como nos proteger de uma sociedade tão ruim?

Habitando no Esconderijo do Altíssimo. Só ali podemos descansar de verdade…

O nosso Senhor já sabia que precisaríamos deste lugar, mas Ele deixou bem claro para quem ele foi reservado: para aqueles que habitam nele e não aqueles que querem fazer um tour ou passar alguns dias de férias, ou até mesmo usa-lo como refúgio de vez em quando.

Eu tenho morado nesse Esconderijo por isso…

  • Eu não precisei de um diploma para ser uma mulher inteligente
  • Eu não precisei “curtir” a minha juventude para aproveita-la.
  • Eu não precisei namorar vários rapazes para encontrar um que servisse.
  • Eu não precisei de popularidade para ser feliz, nem de fama para me sentir útil.
  • Eu não precisei experimentar nem testar para ter a aprovação que precisava.
  • Eu não precisei ter o corpo e a beleza exaltada pelo mundo para me sentir bonita.
  • Eu não precisei de seguidores nem de curtidas para saber o meu valor.

Minha vida tem sido praticamente a mesma rotina desde que me conheço como gente e nem por isso ela é chata, pelo contrário, a cada ano conquisto mais, cresço mais como pessoa, me conheço melhor, sirvo mais ao meu Senhor, e consequentemente sou mais feliz e realizada. É tão maravilhoso habitar nesse esconderijo que até os problemas que tive, tenho, e vou ter sempre me fizeram, fazem, farão mais bem do que mal!

É por causa dessa minha moradia espiritual que não preciso temer 2018, nem as más notícias, nem o que falam de mim por aí…  estou à sombra do Onipotente e tenho descansado graciosamente, muito obrigada!

Sejam todas abençoadas e que nesse novo ano, estejamos todas juntinhas nesse Esconderijo!

Na fé.

*A propósito, quem aí está nesse propósito do Salmo 91? Quer saber mais a respeito? Participe de uma Universal mais próxima a você nesta quarta-feira!

PS. Nossa próxima reunião do Godllywood Autoajuda será dia 20 de janeiro às 18h no Templo de Salomão, com transmissão para todos os estados brasileiros… para mais informações acesse godllywood.com

 

Colaborou: Cristiane Cardoso

Participe! Deixe seu comentário sobre este post