Blog

Se vocês não conseguem nem se olhar mais nos olhos e a voz um do outro irrita aos ouvidos, a primeira justificativa que vêm a mente é que o amor se acabou, mas aí eu pergunto, por que o amor de mãe nunca acaba? Porque o amor de mãe não desiste, não faz mal, não quer o mal, não se vinga, não esfria, mesmo que o filho só traga problemas para si. Já o amor que muita gente tem pelo cônjuge é baseado em tudo menos no que ele realmente deveria se basear.

Pensam que se não há mais romance, é porque não há mais amor. Pensam que devido aos problemas que parecem não ter mais solução, o amor saiu pela janela.

O fato é que o amor continua vivinho da Silva, o problema é que ele está por baixo de um montão de coisa ruim, como se tivesse por baixo de muito lixo e quem olha de fora, e o jeito de muitos tem sido se livrar dele o mais rápido possível em vez de eliminar todo o lixo e limpa-lo como é devido.

Nesse lixo com certeza há mágoas, ressentimentos, pensamentos errados, traumas, desconfiança, rancor, inimizade, decepções, etc… que são sentimentos que mesmo se você jogar fora esse relacionamento, terá com você para o próximo. O certo é limpar e organizar o seu relacionamento atual.

Nesta quinta-feira, dia 7 de setembro, aproveite para fazer isso por si mesma, mesmo que o seu cônjuge aparentemente já tenha desistido de vocês. Venha se limpar de toda sujeira que tem lhe feito tão mal nessa área de sua vida.

As palestras acontecerão às 10h, 15h, e 20h no Templo de Salomão e em outras localidades da Terapia do Amor. Para endereços, clique aqui.

Na fé.

Colaborou: Cristiane Cardoso

Participe! Deixe seu comentário sobre este post