Não escolhemos vir ao mundo, mas temos o direito de escolher onde viver a eternidade.

Blog

Mau servo, maus olhos

Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas; Destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo. 2 Coríntios 10.4,5

Deus nos dá armas para destruir os argumentos do diabo, pois eles têm de ser destruídos por nós, para não ficarmos presos em suas fortalezas.

É por isso que todos os que caem, erram, saem da Obra, não sacrificam etc. têm um argumento para os seus atos, e aí está a fortaleza do diabo.

Eva teve um argumento, Adão também, Caim também e assim por diante.
Creio que, diante da inclinação de cada um, o diabo elabora um argumento, humanamente falando, cheio de lógica e convincente para quem não se examina e não raciocina.

O servo mau aceitou o argumento que o senhor dele era mau, em vez de se examinar e ver que ele deveria sempre ser corrigido, porque era negligente, e daí nasceram os maus olhos.

Por causa dos argumentos do diabo:
Os anjos caídos tiveram maus olhos com Deus;
Eva teve maus olhos com Deus;
Caim teve maus olhos com Deus…

Hoje, o que mais se vê são argumentos e maus olhos das Evas, Cains e servos maus da vida.

Por isso, sempre devemos orar: “Deus, não nos deixe cair em tentação. Não nos deixe cair na tentação dos argumentos do diabo para tentar justificar o obedecer à nossa própria vontade.”

Bispo Wagner Negrão
Colaborou: Bispo Wagner Negrão

Participe! Deixe seu comentário sobre este post

Você sabia que também pode receber as mensagens do meu blog por e-mail? Preencha abaixo: