Não escolhemos vir ao mundo, mas temos o direito de escolher onde viver a eternidade.

Blog

Senhor dos afastados

Lúcifer foi o primeiro ser a se afastar da presença de Deus. Ele inaugurou a apostasia no mundo, quando só existia um homem e uma mulher em toda a terra. Ele é a essência do pecado, pecou no céu e comercializou com os anjos, oferecendo, acredito eu, a condição deles serem adorados em vez de adoradores, e os arrastou consigo.

Na multiplicação do teu comércio encheram o teu interior de violência, e pecaste; por isso te lancei, profanado, do monte de Deus… Ezequiel 28.16

Assim, Lúcifer passou a ser o senhor dos afastados. Expulso do céu, caiu aqui na terra e logo percebeu que a serpente era o animal mais sagaz (astucioso), e a usou para arrastar também o homem e afastá-lo da presença de Deus, a exemplo do que fez no céu.

Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis para que não morrais. Então a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis. Gênesis 3.3,4

Hoje, o senhor dos afastados tem conseguido afastar a muitos da presença de Deus, usando como isca o prazer da carne, a vaidade, o colorido do mundo etc.

Quando um servo de Deus, membro, obreiro, pastor ou bispo se entrega, novamente, ao pecado deliberadamente, ele está novamente se tornando escravo (servo) do senhor dos afastados.

O pecado é uma oferenda apresentada ao seu “senhor”. Por exemplo, no momento em que a pessoa está em plena ação do adultério, é como se ela estivesse arriando um despacho para o seu senhor, oferecendo seu corpo, sua mente e seu coração como oferta viva ao líder e autor de todos os pecados da humanidade.

Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é servo do pecado. João 8.34

Para os que foram sequestrados pelo diabo e hoje estão em cativeiro, porém, não aceitam essa situação e querem se libertar, ainda há chance. Nosso Senhor disse:

Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres. João 8.36

Entretanto, há aqueles que se tornaram filhos do senhor dos afastados, foram adotados por ele, esses são os que receberam o DNA do seu senhor, ou seja, têm o seu caráter. Eles agem da mesma forma que seu pai agiu no céu, “eu vou, mas não vou sozinho, vou arrastar quantos me derem ouvidos”.

Os filhos do senhor dos afastados saíram, desenvolveram um ódio mortal contra aqueles que foram usados por Deus para lhes ajudar, e vivem vinte e quatro horas por dia contaminando os olhos e coração dos desprovidos de cuidado com sua vida espiritual. Para os filhos do senhor dos afastados cabe esse versículo de Hebreus 6.4-6.

ATENÇÃO, obreiros e todos os demais quanto aos:

…ingratos, profanos,
Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, intemperantes, cruéis, sem amor para com os bons,
Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus,
Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. DESTES AFASTA-TE.
2 Timóteo 3.2-5

Essa é a direção que vem do Espírito Santo, por meio de Sua Palavra, para vocês que desejam manter sua Salvação até o fim: fujam deles!

Deus os abençoe e os guarde.

Bispo Sergio Corrêa
Colaborou: Bispo Sergio Corrêa

Participe! Deixe seu comentário sobre este post

Você sabia que também pode receber as mensagens do meu blog por e-mail? Preencha abaixo: