Não escolhemos vir ao mundo, mas temos o direito de escolher onde viver a eternidade.

Blog

O SENHOR será a sua herança!

Após a conquista das terras prometidas, Josué, dirigido por Deus, dividiu as posses pelas tribos de Israel. Porém, notamos que uma tribo em particular NÃO recebeu herança na terra.

No mesmo tempo o Senhor separou a tribo de Levi, para levar a arca da aliança do Senhor, para estar diante do Senhor, para o servir, e para abençoar em seu nome até ao dia de hoje. Por isso Levi não tem parte nem herança com seus irmãos; o Senhor é a sua herança, como o Senhor teu Deus lhe tem falado. Deuteronômio 10:8,9

Veja o alto privilégio que essa tribo recebeu: ter o Próprio Deus como herança pessoal.

A tribo de Levi foi separada para os cuidados espirituais e não poderia ter NENHUMA preocupação neste mundo, por isso, não tinha posses, nem terras, nem bens.

Eles eram responsáveis pela Tenda do Tabernáculo, pelos serviços espirituais e respondiam até mesmo pela condição espiritual do povo, deveriam ainda ser referência para todas as demais tribos, ao guardarem com temor todas as prescrições sagradas.

Deus estabeleceu com a tribo de Levi um pacto, um tratado, uma aliança perpétua: a Aliança de SAL.
O dia que eles tivessem posses na terra estariam quebrando essa Aliança perpétua.

Todas as ofertas alçadas das coisas santas, que os filhos de Israel oferecerem ao Senhor, tenho dado a ti, e a teus filhos e a tuas filhas contigo, por estatuto perpétuo; aliança perpétua de sal perante o Senhor é, para ti e para a tua descendência contigo. Disse também o Senhor a Arão: Na sua terra herança nenhuma terás, e no meio deles, nenhuma parte terás; Eu Sou a tua parte e a tua herança no meio dos filhos de Israel. Números 18.19,20

O Senhor Jesus reafirmou essa aliança com Seus discípulos, quando disse:

Não possuais ouro, nem prata, nem cobre, em vossos cintos, Nem alforges para o caminho, nem duas túnicas, nem alparcas, nem bordões; porque digno é o operário do seu alimento. Mateus 10.9,10

Ele disse ainda:

Vós sois o sal da terra… Mateus 5.13

Mas alertou também para não quebrarmos esta Aliança.

Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens. Mateus 5.13

Como foi com a tribo de Levi e com os discípulos, Deus deseja que não nos preocupemos com partes de terras, propriedades ou bens materiais. Ele nos deu um direito muito maior: Se fez nossa herança, para que nossa única preocupação fosse com a Sua Obra.

Não há fardo nessa gloriosa tarefa, pelo contrário, grande prazer por fazer parte dos escolhidos para esse trabalho sublime.

A função do sal é dar sabor e conservar o alimento. Exatamente como deve ser o trabalho do pastor: levar sabor à vida das pessoas e ajudá-las a conservarem a salvação de suas almas.

O sal se torna insípido quando eu quebro a aliança. Se começo a ter objetivos paralelos, meu foco já está distante do Altar e já não há mais sabor no meu serviço para Deus.

O pastor que faz a obra de Deus na Universal deve viver em Aliança perpétua de sal para não se tornar insípido. Enquanto ele for fiel a Deus, à Igreja e à sua esposa, vai ter tudo o que precisa para continuar sua missão, mesmo não tendo nada.

Portanto, vivamos essa aliança perpétua, pois grande será o galardão dos verdadeiros servos.

Lembre-se: O Senhor é a nossa herança!

Bispo Eduardo Bravo
Colaborou: Bispo Eduardo Bravo

Participe! Deixe seu comentário sobre este post

Você sabia que também pode receber as mensagens do meu blog por e-mail? Preencha abaixo: