Não escolhemos vir ao mundo, mas temos o direito de escolher onde viver a eternidade.

Blog

Exemplo de servo

No ano de 1999, conhecemos um paquistanês, enquanto fazíamos evangelização nas ruas em Moscou. Seu nome é Tariq, um cristão que fugiu para a Rússia por sofrer perseguição no seu país, uma república muçulmana.

Para se ter ideia, uma pessoa é condenada à morte somente por criticar Hussein, o profeta muçulmano, sucessor de Maomé.

Tariq tinha um profundo amor pela Palavra de Deus e, rapidamente, aprendeu a fé diferenciada ensinada na Universal, foi batizado com o Espírito Santo e levantado a obreiro. Ele ficou conosco por dois anos em Moscou.

Porém, teve de voltar a seu país para se casar. Sua família havia concordado com uma outra família cristã sobre o seu casamento.

Tariq voltou, mas nunca abandonou a fé Universal. Ele é discipulado a distância, acompanha todas as nossas publicações, sites em inglês e também mantém-se informado sobre a Obra de Deus.

O Paquistão é considerado um dos países mais difíceis do mundo para se pregar o Evangelho. São perseguidos no próprio país aqueles que professam a fé em Jesus.

Contudo, Tariq prega o Evangelho e vive de aldeia em aldeia falando do poder do Senhor Jesus.

E odiados de todos sereis por causa do Meu Nome; mas aquele que perseverar até ao fim, esse será salvo. Mateus 10.22

Bispo Aroldo Martins
Colaborou: Bispo Aroldo Martins

Participe! Deixe seu comentário sobre este post

Você sabia que também pode receber as mensagens do meu blog por e-mail? Preencha abaixo: