Não escolhemos vir ao mundo, mas temos o direito de escolher onde viver a eternidade.

Blog

Missão dos servos

Livra os que estão sendo levados para a morte e salva os que cambaleiam indo para serem mortos. Se disseres: Não o soubemos, não o perceberá aquele que pesa os corações? Não o saberá aquele que atenta para a tua alma? E não pagará ele ao homem segundo as suas obras? Provérbios 24.11,12

Nós sabemos que Deus não dá ordens a quem não é servo dEle. Ele não força a barra. Então, essa ordem é exclusiva para quem Lhe serve, e ela é direta: “Livra, salva.”

Três coisas aí me chamaram atenção, e também o temor e o cuidado que devemos dar ao nosso chamado para cumprir exatamente a nossa missão, pois percebe-se nessa passagem a influência que isso terá sobre a manutenção da Salvação da alma do servo. Vamos lá, então!

1. Livra os que estão sendo levados para a morte…
Este é o início do nosso trabalho com relação a uma pessoa. Vamos ao seu encontro para livrar (libertar, curar, descarregar e resolver seus problemas aqui neste mundo).

2. …e salva os que cambaleiam indo para serem mortos…
Agora o nosso Deus deixa clara a Sua verdadeira preocupação, que é com a alma. Pois, entre livrar de uma situação e salvar, há uma diferença muito grande, e Ele quer salvar eternamente.

3. Se disseres: Não o soubemos, não o perceberá aquele que pesa os corações? Não o saberá aquele que atenta para a tua ALMA? E não pagará ele ao homem segundo as suas obras?
Esse, pra mim, é o último e mais forte dos três pontos, pois é o que fala do cuidado que temos que colocar em não negligenciar a execução e a ordem em que devemos fazer o nosso trabalho. Veja que Ele inicia falando da nossa missão e termina deixando claro que isso pesará na nossa Salvação, quando usa a expressão: Não o saberá aquele que atenta para a tua ALMA?

A alma do servo fica comprometida quando negligencia e despreza esta direção!

Bispo Edir Macedo
Bispo Edir Macedo

Participe! Deixe seu comentário sobre este post

Você sabia que também pode receber as mensagens do meu blog por e-mail? Preencha abaixo: