Não escolhemos vir ao mundo, mas temos o direito de escolher onde viver a eternidade.

Blog

Garota de programa

Olá, Cris!

Me chamo Carla Tamires e quero deixar aqui a minha alegria em saber que existem pessoas como você, que Deus trouxe ao mundo para nos ajudar.

Lendo a mensagem que postou, você falou tudo que vivi antes. Vou contar um pouco da minha história. Sou natural de São Paulo, mas morava numa cidade chamada Arcoverde – Pernambuco. Era garota de programa, vivia uma vida destruída, pois era vista como a pior pessoa da face da Terra. Usava drogas para esquecer a vida que levava.

Você deve estar se perguntando como a conheci, pois bem, foi através de um convite que recebi para participar da reunião que você fez em outubro de 2017, quando falou sobre a calça jeans rasgada. Passeava em frente à igreja, e uma mulher muito atenciosa e educada me parou e fez o convite para assistir à palestra só para mulheres. Eu me assustei e pensei: “se ela souber que sou garota de programa, vai desistir de fazer o convite”. Mas, pelo contrário, ela me falou que Deus olha o interior, que primeiro Ele trabalha dentro para assim fazer a obra por fora.

Cris, me senti tão feliz em saber que Deus não tinha desistido de mim! Chegou o dia da palestra e, quando cheguei à igreja, lá estava a mulher que me deu o convite, com outras ao seu lado, dando boas-vindas a quem ia chegando. Fiquei curiosa, e perguntei a uma moça se ela sabia quem era aquela mulher, e ela disse: é a esposa do pastor, dona Mariá. Fiquei pasma em saber que ela foi usada para me salvar!

Assisti à palestra e, naquele dia, decidi sair da vida da prostituição. Você falou que eu tinha valor. Então, voltei para São Paulo. Hoje moro com a minha família, trabalho e conquistei dignidade. Estou na Igreja (Templo de Salomão) e sou muito feliz por ter Jesus como meu Salvador! Isso só foi possível através da esposa do pastor que foi usada para que eu conhecesse você, que deu uma palavra que mudou a minha vida.

Muito obrigada pela Igreja Universal ter pessoas de Deus que são instrumentos para chegar até nós!

Cristiane Cardoso
Colaborou: Cristiane Cardoso

Participe! Deixe seu comentário sobre este post

Você sabia que também pode receber as mensagens do meu blog por e-mail? Preencha abaixo: