Não escolhemos vir ao mundo, mas temos o direito de escolher onde viver a eternidade.

Blog

Por que tenho de pedir, se Deus já sabe o que eu preciso?
Por que tenho de buscar, se Deus já sabe o que eu preciso achar?
Por que tenho de bater, se Deus já sabe que eu estou à porta?

Como Onisciente, Deus já sabe de todas as coisas. Nada, absolutamente nada, é oculto aos Seus olhos. O passado, presente e futuro são como uma fotografia em Suas mãos.

Mas, por que eu tenho tanto que me esforçar, pedir, buscar, bater, lutar, perseverar, insistir, enfim, sacrificar para tomar posse dos meus direitos, em Cristo Jesus, prometidos na Bíblia?

De fato, entre o querer e o realizar, há um enorme deserto a atravessar. Só os valentes e determinados conseguem vencê-lo. Tímidos, covardes, medrosos e, pior, os que ficam reclamando na travessia do deserto rumo à Terra Prometida ficam pelo caminho.

Como saber quem merece ou não tomar posse? A intuição pessoal da fé de cada um.

A revelação da Grandeza de Deus neste mundo não é para aventureiros ou curiosos. Quem quiser ver esta Grandeza na própria vida, primeiro tem que provar a grandeza da sua fé.
Abraão provou a grandeza da sua fé quando tomou atitude de obedecer à Voz de Deus.

Pela fé Abraão ofereceu a Isaque, quando foi provado Hebreus 11.17

Se Deus provou o Seu amigo Abraão, quanto mais nós!

E mais: Ele não pede nada que não possamos fazer. A fé que Ele nos dá é para executar a Sua vontade.

Essa fé separa os que são de Deus daqueles que não são. Separa os que acreditam e colocam em prática os Pensamentos de Deus.

A fé é individual. Ela julga e decide quem merece ou não tomar posse das Promessas.

Apesar de todos terem fé, o problema é que nem todos têm tido coragem para obedecer à sua intuição.

Não há como alcançar os benefícios da fé sem usar a própria fé.

Como o dinheiro é moeda de troca numa transação comercial, assim tem sido a fé no relacionamento com Deus.

Sem a prática da fé é impossível agradar a Deus e merecer Seus favores.

Bispo Edir Macedo
Bispo Edir Macedo

Participe! Deixe seu comentário sobre este post

Você sabia que também pode receber as mensagens do meu blog por e-mail? Preencha abaixo: