Não escolhemos vir ao mundo, mas temos o direito de escolher onde viver a eternidade.

Blog

O Altar é o único Lugar do mundo onde se celebram casamentos.

Por mais simples que seja o Altar, ainda assim, é requerido por todos para formalizar a união definitiva dos noivos.

Isso porque o Altar é o que sela a união.
Que garante a bênção da santificação, da aceitação e, finalmente, da aliança eterna.

O Senhor Jesus ensina que o Altar é o que santifica a oferta.

O fracasso do casamento só acontece porque a entrega dos noivos no Altar, isto é, a “oferta” não foi válida, não foi aceita por Deus, a exemplo da oferta de Caim.

Mas quando o empenho da palavra dos noivos é seguida de prática, então o Altar aceita e os santifica.

Então, o casamento é até que a morte os separe.

De fato, o destino do casamento é selado no Altar. Depende da disposição conjunta dos dois em obedecer ao juramento feito no Altar.

O Espírito de Deus avalia se as ofertas (os nubentes) vão ou não cumprir a palavra empenhada.

Assim sendo, Ele aceita as ofertas e santifica aquela união ou não.
O mesmo se dá em relação à Salvação da alma.

Muitos têm se oferecido no Altar com lágrimas de remorso.
Remorso não é aceito pelo Altar.

O Altar só recebe oferta (pessoa) arrependida de verdade.

Então o Altar é restaurado e os sacrifícios aceitáveis, a exemplo da oferta de Abel.

Donde se conclui que TUDO NA VIDA DEPENDE DO QUE SE OFERECE NO ALTAR.

Bispo Edir Macedo
Bispo Edir Macedo

Participe! Deixe seu comentário sobre este post

Você sabia que também pode receber as mensagens do meu blog por e-mail? Preencha abaixo: