Não escolhemos vir ao mundo, mas temos o direito de escolher onde viver a eternidade.

Blog

Não nasce nem capim…



Jesus é a Palavra.

Crer nEle é infinitamente mais do que acreditar na Sua existência e seguir uma religião em Seu Nome.

Se isso fosse suficiente, a maioria cristã não teria vida tão fracassada.

Crer nEle implica em ouvir e obedecer a Sua Palavra.

Abraão não tinha Bíblia. Para ele ouvir e obedecer ao Senhor, Deus teve de emitir o som da Sua voz.

Mais tarde, o Senhor falou com Seus servos através de sonhos, visões e profecias.

Hoje, Deus fala apenas por meio de Jesus, A Palavra, através da pregação da Bíblia Sagrada.

“Havendo Deus, outrora, falado, muitas vezes e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, nestes últimos dias, nos falou pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, através do qual também fez o universo.
Ele, que é o resplendor da glória e a expressão exata do Seu Ser, sustentando todas as coisas pela Palavra do Seu poder, depois de ter feito a purificação dos pecados, assentou-Se à direita da Majestade, nas alturas…”
Hebreus 1.1-3

Aceitar Jesus significa aceitar Sua Voz, Sua Palavra, colocá-la em prática, obedecê-la, enfim, submeter-se inteiramente a ela.

Os demônios creem em Jesus e até tremem.
Mas que diferença isso faz? Nenhuma.

É o mesmo em relação à maioria dos crentes. Creem em Jesus da mesma forma como os demônios.

Mesmo crendo em Jesus os demônios não obedecem. Assim também são os crentes rebeldes.

Creem em Jesus, mas não O obedecem.

Qual a diferença deles para com os demônios?
Nenhuma.

A vida de demônio não muda porque são eternos rebeldes. E a vida dos crentes rebeldes também não muda porque insistem na desobediência à Palavra.

Tiago desabafa com os crentes insubordinados:
“Tu tens fé, e eu tenho obras; mostra-me essa tua fé sem as obras, e eu, com as obras, te mostrarei a minha fé.” Tiago 2.18

Em outras palavras: o que adianta dizer que crê em Jesus, e não obedecer a Sua Palavra?

Por acaso esse tipo de fé salva?
Por acaso esse tipo de fé muda a vida de alguém?

É por isso que muitos crentes oram, jejuam, louvam e defendem suas respectivas igrejas, mas suas vidas são como a terra árida. Não nasce nem capim.

Se Jesus é a Palavra, então há de se praticar Essa Palavra!

Isso vale mais do que qualquer jejum, oração, vigílias, frequência na igreja, enfim, vale mais que tudo.

Obedecer à Palavra de Jesus é seguir Jesus.

Fazer a vontade de Deus é praticar a Palavra de Jesus.

Bispo Edir Macedo
Bispo Edir Macedo

Participe! Deixe seu comentário sobre este post

Você sabia que também pode receber as mensagens do meu blog por e-mail? Preencha abaixo: