Não escolhemos vir ao mundo, mas temos o direito de escolher onde viver a eternidade.

Blog

As mentiras da internet

Hoax é o nome que se dá às histórias falsas recebidas por e-mail, sites de relacionamentos e na internet, em geral, cujo conteúdo, além das conhecidas “correntes”, consiste em apelos dramáticos de cunho sentimental ou religioso; supostas campanhas filantrópicas, humanitárias ou de socorro pessoal; ou, ainda, avisos sobre falsos vírus cibernéticos (Fonte: Wikipédia).

Hoax significa “embuste”, numa tradução literal, ou farsa.

O clero romano tem um grupo “expert” em produzir hoaxes, ou seja, em divulgar mentiras e fantasias na internet para tentar denegrir a imagem daqueles que se opõem aos seus interesses.

O lamentável é que muitas pessoas acreditam em coisas impossíveis espalhadas nesses hoaxes. Acompanhe dois casos emblemáticos:

MENTIRA 1: HOAX DO EX-BISPO SÉRGIO VON HELDER

Um grande exemplo de “hoax católico” é o questionamento sobre o destino do ex-bispo Sérgio Von Helder.
Este boato da internet pergunta se é verdade que o pastor, que chutou a imagem de Aparecida do Norte, sofreu um acidente e teve a perna amputada.

Essa pergunta foi criada justamente para tentar convencer as pessoas de que a imagem de Aparecida puniu o seu agressor. Tudo foi inventado e espalhado pelo clero romano como se fosse verdade.

Mas você sabia que a farsa teve origem com uma reportagem criada por uma revista católica?
O próprio responsável pela publicação, monge de um mosteiro no Rio de Janeiro, confessou a mentira.

“Sempre fazem esta pergunta aqui, e os católicos dizem que se a Universal não desmentiu, então seria verdade”, disse o monge.

Só que quem iniciou o boato foi a própria Igreja Católica!

Uma revista de grande circulação fez reportagem sobre o assunto, há alguns anos. Veja um trecho:

O monge dom Estêvão Bettencourt, que em sua revista publicou o relato que originou a confusão, admite que não procurou confirmar a história com o próprio Von Helder. “Eu vi a notícia em um site e a publiquei com ressalvas, pois não foi o próprio Von Helder que me disse. Mas até o momento a Universal não se manifestou.”

E não foi só isso: a calúnia ganhou ainda mais repercussão quando um programa de uma TV católica, baseado na revista do monge, divulgou o fato como se tivesse ocorrido.

RESPOSTA:

O ex-bispo Sérgio Von Helder não faz mais parte do ministério da IURD por uma questão de fé. Ele gozava de perfeita saúde, pelo menos enquanto esteve conosco. Ele trabalha por conta própria, reside nos Estados Unidos e JAMAIS TEVE A PERNA AMPUTADA.

Perceba como o CLERO CATÓLICO CRIOU UM HOAX PARA TENTAR RESSUSCITAR, junto ao povo, a CREDIBILIDADE de uma imagem que eles creem.

Da mesma forma, PARA CONTINUAR ENGANANDO OS INCAUTOS, de tempos em tempos, ELES CRIAM NOVAS MENTIRAS A MEU RESPEITO.

Veja essa outra abaixo.

MENTIRA 2: HOAX DA MANSÃO

Faço questão de publicá-la, na íntegra, para quem se interessar sobre os detalhes do embuste.

SABE QUEM COMPROU ESTA CASA? Continue lendo e você vai entender…

O nome da mansão é Villa Castillo-Caribe e foi arrematada em leilão na Sotheby´s pela bagatela de 42.578.200,00 euros.

Vamos ver:

 

RESPOSTA:

A notícia que circula na internet diz que essa é a “casa do bispo Edir Macedo no Caribe”.
Para ajudar você a pensar, eu faço as seguintes perguntas:

1- Por que não mostram também o registro de compra e venda em meu nome?
Simplesmente porque não existe. Qualquer bandido pode usar fotos de mansões, castelos e ilhas paradisíacas da internet e dizer que eu os comprei.
Se eu tivesse comprado essa mansão acima, toda “mídia marrom” já não teria divulgado? As emissoras de TV, rádios, jornais, revistas e portais que nos odeiam já não teriam dado essa notícia com grande destaque?

2- Por que eles não fazem isto?
Porque não têm provas documentais. Porque tudo isso não passa de uma campanha de difamação covarde.

3- Mas, afinal, quais são os interesses em divulgar que faço supostas aquisições bilionárias?
Apenas um: fazer o povo da IURD duvidar do meu caráter de servo de Deus.

OBSERVAÇÃO FINAL:

O povo, em geral, pelo qual tenho lutado com todas as minhas forças, a fim de que conheça a verdade, pode não tê-la conhecido totalmente, ainda, devido às minhas deficiências de comunicação. Mas todas as pessoas conhecem muito bem a minha vida.

O livro “O Bispo” relata em detalhes a minha história. Com uma ressalva: no ano em que foi escrito, eu ainda possuía um apartamento. Hoje, devido a um voto que fiz com Deus, já não o tenho mais.

Quem acredita nestas palavras, amém.
Quem não acredita, pode estar certo: jamais vou me esforçar para fazê-lo.
Tenho dito.

Bispo Edir Macedo
Bispo Edir Macedo

Participe! Deixe seu comentário sobre este post

Você sabia que também pode receber as mensagens do meu blog por e-mail? Preencha abaixo: