Não escolhemos vir ao mundo, mas temos o direito de escolher onde viver a eternidade.

Blog

Senhor da alma

E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo… Hebreus 9.27

Apesar de a justiça humana ser diferente da Divina, ainda assim, ela permite uma noção do Juízo Final.

Normalmente, na justiça humana, o acusado é detido numa delegacia à espera do julgamento final. Após os trâmites processuais, ele é conduzido ao tribunal e ali é julgado. Se condenado, é conduzido ao sistema prisional onde ficará preso pelo tempo determinado.
Se inocentado, então estará livre imediatamente.

A Justiça Divina funciona de forma similar. Começa na morte. Imediatamente após a morte, vem a primeira fase do juízo. A alma é liberada da matéria para ser levada para a antessala do seu destino final. Se salva, para o seio de Abraão; se perdida, levada direto para o inferno.
Mas, quem as conduz ao seu respectivo destino?

Cada pessoa, independentemente do sexo, idade, crença, religião, raça, nacionalidade ou classe social pertence a Deus ou ao diabo.

Se ela se arrependeu de seus pecados e deu sua alma ao Senhor e Salvador Jesus, na sua morte, os anjos de Deus, em obediência ao Seu comando, vêm buscar essa alma para o Paraíso ou seio de Abraão.

Mas, se não devotou sua alma ao Senhor Jesus em vida, não terá mais chance de fazê-lo após a morte, haja vista que seu livre arbítrio é válido apenas em vida. Após a morte, quer queira ou não, sua alma já não mais lhe pertence. E, diante de sua rejeição ou omissão à oferta Divina, o destino intermediário de sua alma é o inferno. E após o Juízo Final, o Lago de Fogo e Enxofre por toda a eternidade.

Quem a levará até o inferno? Os anjos de Deus? Não. Estes somente servem ao Altíssimo.

Os espíritos imundos, mensageiros de Satanás, têm autoridade para levar essa alma direto para o inferno. Nada, nem ninguém, pode impedí-los de cumprir sua tarefa.

Bispo Edir Macedo
Bispo Edir Macedo

Participe! Deixe seu comentário sobre este post

Você sabia que também pode receber as mensagens do meu blog por e-mail? Preencha abaixo: