2

 

Casais costumam ter um parceiro que é mais proativo e outro que é mais passivo. 

A acomodação e demora para decidir/agir do parceiro passivo frustram o proativo. O passivo fica esperando o outro tomar iniciativa, e muitas vezes se sente frustrado porque o outro passou à sua frente.

A constante atividade do parceiro proativo, sua posição incisiva sobre tudo, pode fazer o passivo se sentir dominado e anulado. Por outro lado, o proativo se sente sozinho na relação, abandonado pelo parceiro passivo que não se une a ele nos objetivos e na luta contra os problemas.

Casais inteligentes procuram ter uma dose equilibrada de proatividade — ambos apoiando um ao outro com iniciativas saudáveis, na hora certa e de forma respeitosa. Passividade não faz bem a nenhum relacionamento

 

Veja também:

Cadastre-se nesse blog e seja avisado de novos posts…

Compartilhe!


Envie para um amigo por :