2

 

Raiva é a raiz de crenças falsas. Quando uma pessoa é dominada por uma raiva, com o tempo ela se torna ódio. E esse ódio desenvolve crenças para se apoiar e se justificar.

Se eu fico com raiva de Fulano, e me deixo consumir por ela, certamente, em breve odiarei o Fulano. E meu ódio começará a procurar razões para se justificar. “Olha o jeito que o Fulano fala. Aquela carinha de santo não me engana… Com certeza é uma pessoa do mal…”.

Mas o mal mesmo está dentro de quem está consumido por ódio. Esse sentimento o colocou em um mundo paralelo, onde ele é o mocinho vitimado, perseguido, e o Fulano é o bandido. Como a raiva é criativa e destrutiva ao mesmo tempo!

Irai-vos e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira. – Efésios 4.26

 

Veja também:

Cadastre-se nesse blog e seja avisado de novos posts…

Compartilhe!


Envie para um amigo por :