244

Parte 6 de 7 – veja parte 5 aqui.

 

Quando os seus juízes forem derrubados rocha abaixo, ouvirão as minhas palavras, pois são agradáveis. – Salmo 141:6

Os “juízes” aqui não são justos, mas perversos; aqueles que usam de sua autoridade e poder para fazer o mal. O salmista fala confiantemente: “Quando forem derrubados…” Os que praticam o mal serão derrubados, com certeza. Não tenha dúvida da maior justiça do mais perfeito Juiz, que é Deus. Ele mesmo se encarregará do tropeço e da queda dos perversos.

É por isso que Davi, quando era perseguido por Saul e seu exército, não se preocupou em fazer justiça com as próprias mãos. Por duas vezes ele teve oportunidade de matar Saul, mas preferiu deixar que Deus lidasse com ele. E a justiça de Deus foi perfeita.

Se o injusto o persegue, persiga o Justo Juiz. Apresente a Ele sua causa.

Muitas vezes somos tentados dentro de um relacionamento a pagar o mal com o mal, dar o troco, nos vingarmos de um mal que o outro nos fez. Mais forte que isso, porém, é pagar o mal com o bem. É como “ajuntar brasas vivas sobre a cabeça” daquela pessoa (Provérbios 25.21-22). O bem que você faz em troca do mal recebido age como fogo na consciência da pessoa.

Mas não para por aí. Note que a segunda parte do verso diz: “…ouvirão as minhas palavras, pois são agradáveis.” Algumas lições preciosas aqui:

  • Não adianta querer falar com os maus enquanto eles estão no alto da rocha. Eles não vão ouvi-lo. Somente quando eles caem rocha abaixo é que estão aptos a ouvir. Às vezes você tem que esperar e deixar a pessoa quebrar a cara para que ela possa valorizar o que você diz. O orgulho precede a queda. E a queda precede a humildade.
  • Quando a pessoa está com a cara bem quebradinha, a tentação de lhe falar, “Eu te disse! Eu te avisei!” é muito grande! Mas não perca sua classe. A dor da queda já fala isso por você. Como Davi, deixe que suas palavras sejam agradáveis e não de ironia, acusação ou escárnio. A todo tempo, sejam suas palavras para levantar, e não para derrubar. O mau cai por sua própria maldade e orgulho. Você não precisa interferir. Use sempre as boas palavras, não as más.

P.S. Estamos a um dia do final deste propósito. Seja fiel e não se esqueça de levar seu pedido (e perfumá-lo com seu melhor perfume) à Terapia do Amor nesta quinta-feira.

 


Esta é a sexta parte da meditação de 7 dias no Salmo 141. Se você quiser fazer do início, comece aqui. Como participar:

  1. Leia em sua Bíblia o Salmo 141 e medite em suas palavras esta semana
  2. Faça um pedido a Deus por sua vida amorosa (ou outra área mais urgente) logo pela manhã
  3. Seja específico no que pede; escreva seu pedido em um papel e deixe-o dentro de sua Bíblia, no Salmo 141
  4. Visite este blog diariamente nos próximos sete dias e leia as mensagens correspondentes
  5. Ao completar os 7 dias, leve seu pedido com você na próxima quinta-feira na palestra da Terapia do Amor mais próxima de você e entregue ao responsável

Vamos fazer este propósito juntos. Faça exatamente como orientado. Tenha fé que você será atendido no seu pedido.

Vá para a parte 7 aqui.

 

Cadastre-se nesse blog e seja avisado de novos posts…

 

 

Compartilhe!


Envie para um amigo por :

60 Comentarios em “Fundo do poço, ouvidos abertos”

  1. Néo Melo 2 years atras

    Então… O maior exemplo do Senhor Jesus foi a humildade, por isso Deus o exaltou tanto!!

  2. Edilene Moni 2 years atras

    Isso é muito forte, eu sempre tive a mania de falar “eu avisei!”, mas quando o erro vinha de mim, não gostava de ouvir nada. Vou fazer este propósito..

  3. Sócrates Alves 2 years atras

    Uma coisa é certa, tudo que plantamos indubitavelmente vamos colher os frutos!

  4. Não devemos pagar com a mesma moeda e sim quando uma pessoa faz um mal para a gente e respondemos com o bem, isso faz a pessoa ter consciência do que ela fez.

  5. Ola Bispo . Aparentemente é um hábito da natureza humana revidar e se justificar. Somente aqueles que buscam uma comunhão com Deus compreendem essas palavras e conseguem colocá-las em prática.Aqueles que dão ouvindo a voz de Deus entende o que ele quer falar.

  6. Elizangela otubo 2 years atras

    Muitas vezes se agente não vigiarmos,acabamos falando besbeira em vez de ajudar.

  7. caroline 2 years atras

    ta ligado muito forte