23

Livro_Intellimen

Homens. Inteligentes.
© 2013

 

Desafio #42

Não fazer antes de concluir o Desafio #41.
Se você quer fazer parte do Projeto IntelliMen, comece do
Desafio #1.

 

Desafio: Proibir-se de usar certas palavras negativas.

Explicação: O cavalo é muito mais forte que o homem. Mas o homem o controla por meio de um simples freio colocado em sua boca. Assim é o poder das palavras. Nossa boca pode nos fazer fortes ou fracos; nos impelir para frente ou nos frear; nos abrir oportunidades ou fechar portas.

Eu conheci alguém que sempre que uma ideia lhe era trazida respondia quase que invariavelmente com as seguintes palavras iniciais: “É legal, mas o problema é…” — e daí enumerava as dificuldades para implementar a ideia. O resultado era que ele sempre ficava na mesma situação, raramente progredia.

Eu mesmo, há muito tempo, decidi remover o verbo “esperar” do meu vocabulário. Concluí que raramente, quase nunca, “esperar” é a única coisa que podemos fazer. Sempre há algo que podemos fazer em vez de “esperar”. Mas percebi que quando usamos essa palavra, nos damos uma desculpa para não fazer nada. “Estou esperando a ligação do fulano para aí então fazer isso.” Quer dizer, não preciso fazer nada até receber a tal ligação. Mas isso provavelmente não é verdade. Eu posso, no mínimo, ligar para o fulano em vez de esperar por ele, além de outras coisas.

O problema é que nossas palavras refletem nossa maneira de pensar. E depois que as pronunciamos e ouvimos a nós mesmos, elas reforçam aqueles pensamentos. Então se minha maneira de pensar sobre novas ideias é: “elas vão bagunçar a minha vidinha até então organizada, e isso me trará desconforto” — eu sempre buscarei razões porque aquela ideia não irá funcionar. E logo, abrirei minha boca para apontar aquelas razões. Quando me ouvir falando aquilo, me sentirei realmente inteligente, justificado, e assim minha maneira errada de pensar se tornará ainda mais confiante de que está certa.

Agora imagine isso acontecendo, dezenas, centenas, milhares de vezes ao longo da vida. O resultado é que nossas palavras nos condicionam a pensarmos e agirmos segundo o que elas dizem.

Mas se nossas palavras refletem e afetam nossa maneira de pensar, então podemos mudar nossos pensamentos e atitudes mudando nossas palavras!

Por isso, seu desafio esta semana será identificar palavras negativas que você normalmente usa, proibir a si mesmo de usá-las (isso mesmo, PROIBIR), e substituí-las por outras melhores.

Quero já acrescentar a primeira na sua lista: o verbo “esperar”. A partir de agora esta palavra se tornará um palavrão para você. Não a use mais. Quando ela vier à cabeça, procure outras palavras para usar. Por exemplo, em vez de “estou esperando a escola abrir para fazer minha matrícula”, diga “a escola só abre mês que vem, então enquanto isso estou organizando meu espaço em casa onde vou estudar, vendo quais livros já posso ir lendo, e ajustando meu orçamento para as mensalidades não pesarem.”

Nunca, nunca mais use a palavra “esperar”. Seja um homem de atitude, que corre atrás, não um molenga que fica “esperando”.

Segunda da lista: se você também costuma usar esta frase, então acrescente-a também. “O problema é…” Pare de falar do problema. Mude suas palavras. Passe a dizer: “A solução é…”

Pegou o espírito? Então agora, vá ao seu Caderno de Notas.

Caderno de Notas: Comece a anotar as palavras e expressões negativas que você costuma usar. Para lhe ajudar, talvez você queira perguntar pessoas bem próximas de você se elas percebem negatividade em suas palavras. Às vezes não percebemos, mas nossa esposa, patrão, funcionários, pais e amigos percebem muito bem. Seja humilde, peça ajuda, e ouça atentamente. Daí, escreva ao lado das palavras negativas quais as novas palavras que você usará no lugar delas. Olhe esta lista diariamente esta semana, de manhã e de noite. E vigie sua boca!

Parceiro Oficial: Antes de conversarem, leiam na Bíblia: Tiago 3. Daí conversem e apontem esse comportamento um no outro, se percebem isso.

Prazo: Este desafio pode ser iniciado imediatamente e concluído antes do Desafio #43 que será lançado daqui a uma semana.

Postar: Depois — e somente depois — de você ter concluído este desafio, poste seus comentários — no Facebook do IntelliMen (não no seu pessoal) ou no Twitter, com este cabeçalho:

Desafio IntelliMen #42 concluído: Eu me proíbo de usar estas palavras: (Acrescente uma ou mais palavras ou expressões que identificou)

Links:
www.facebook.com/IntelliMen
www.twitter.com/intellimen27 (quando postar no Twitter, use @IntelliMen27 na sua mensagem)

 

Checklist de verificação

Identifiquei minhas palavras e expressões negativas
☐  Anotei no meu Caderno de Notas e substituí por outras positivas
Estou vigiando minha boca
Eu e meu Parceiro lemos Tiago 3 e conversamos sobre este desafio
Postei meus comentários no Facebook/Twitter

 

Frases:

A boca fala do que o coração está cheio. — Jesus (Mateus 12.34)

Compartilhe!


Envie para um amigo por :

13 Comentarios em “IntelliMen Desafio #42”

  1. João Gabriel 2 years atras

    Boa Tarde Bispo Renato Cardoso!
    Através deste desafio 42, alias percebi que devo parar com as palavras negativas e nesta semana, vou tentar ao máximo para não dizer certas palavras que não me edificam, como: “Esperar” ou “problema é”.
    Este desafio vai me edificar bastante!

  2. Daniel.318 3 years atras

    Bp.renato bom dia,tem uma frase que não me recordo do altar.
    Que ele diz mais ou menos assim,(não veja o problema mas ache a solução)
    Vei de encontro com este Desafio#42 muito forte;realmente as palavras nos amarra ou nos liberta do marasmo comodismo,aceitação etc.

  3. jorge santos 3 years atras

    Desafio IntelliMen #42 concluído:

    Elimino da minha vida toda palavra que venha matar, destruir ou atrasar minhas vitorias e conquista, e também na vida da aqueles que me escutam.

  4. Joilson da silva oliveira 3 years atras

    Desafio intellimen # 42 CONCLUIDO:
    Meditando no Capitulo 3 de Tiago as palavras podem ser fonte de vida ou de morte, por isso eu me proíbo de usar estas palavras e outras que nao dar para escrever aqui.Ex .eu nao posso,amanha eu vejo, talvez consiga, vou esperar, eu nao sei fazer e.t.c……cada dia estarei atento para nao usar ou praticar estas palavras,buscarei cada dia falar palavras positivas e pratica-las ( eu posso, veja agora, consigo, nao vou esperar vou fazer, vou aprender e fazer e.t.c…)

  5. Pr Paulo Menezes ( Colômbia ) 3 years atras

    Desafio IntelliMen #42 concluído: Eu me proíbo de usar estas palavras:
    ” Desisto ” “Não consigo” ” Não sei fazer ” ” Amanhã faço ” ” Queria Isso ”
    Exercitando a cada dia e mudando as palavras por exemplo: ” hoje faço ”
    ” Quero Isso ” ” Aprenderei fazer ” etc..

  6. Gláuber Salatino 4 years atras

    Desafio IntelliMen 42# concluído:. Eu estou evitando o máximo possível até parar de falar a palavra ‘esperar’, mas não estou somente parandod de falar palavras negativas, mas palavras ruins para o meu vocaulário e erros de português. Ainda estou averiguando quais paralavras devo parar de falar. Lí Tiago 3 e achei muito interessante a importância de vigiar com o que falamos, pois dela sai tantno vida quando morte. Meu parceiro oficial entendeu do capítulo o mesmo que eu entendi e está evitando até para falar palavras negativas.

  7. cristiane de souza 4 years atras

    bispo eu estou afastada da presença de DEUS E NAO CONSIGO VOLTAR.

    • renatocardoso 4 years atras

      Você pode vir falar conosco neste domingo na Vila Mariana?

  8. Dener Gonçalves da Conceição 4 years atras

    Bispo,

    O tão importante e glorioso é esse trabalho do “IntelliMen”.Estava fazendo com um amigo, mas ele desistiu. Mas eu sempre fiquei no pé dele para voltar a fazer.Sou integrante do Força jovem, e meu amigo era Obreiro do força jovem, hoje ele não está na Fé como antes. Embora sempre mantive contato com ele. Mas hoje não mais. Quero pedir ao senhor sinceramente. “Faz uma vídeo Conferência com o IntelliMen” Nós homens também temos que ser mais cuidados. Afinal o jovem de hoje pode ser o pastor do amanhã. Com essa base no IntelliMen muito jovens vão crescer com esse Projeto tão importante.
    Abraço Bispo!

    Estou na Fé. Esse Jejum de Daniel me despertou para isso. Aprende que: Quando mais se voltamos para as coisas de Deus, mais Deus irá se voltar para nós. Tenho 19 anos e quero ser mais ainda o Homem de Deus e inteligente.

  9. Bispo preciso de uma orientação!
    Estou muito triste com tudo que anda acontecendo entre eu meu namorado , que já quer marcar a data do noivado.
    Tenho 32 anos venho já de um divórcio sem filhos e meu noivo tem dois filhos uma de cada mãe.
    Ambos chegamos com uma vida destruída cheias de trauma e tristeza nos convertemos ao Senhor Jesus na IURD.
    Com nossas vidas transformadas e como candidatos a obreiros com o mesmo objetivo de servir a Deus, nos conhecemos na Terapia.
    Eu faço parte da evangelização e ele do grupo de visita.
    No inicio não sentia nada por ele, mas resolvi conhece-lo melhor pois tinha um ótimo testemunho o mesmo objetivo de ganhar almas.
    Estava tudo muito bem, até este ciúme que ele tem por mim passar dos limites.
    No inicio achei que era um pouco de insegurança, e pensei, vou deixa-lo seguro, abri toda a minha vida para ele.
    Disse quem fui no passado tudo que me aconteceu, quem sou hoje com Cristo, ele tem acesso ao meu celular sem problemas, e-mail,facebook(que alias só uso para divulgar as reuniões da IURD).Tudo da minha vida ele sabe. Nossas amizades são as mesmas e da fé.
    Sempre que temos horas vagas estamos juntos ou evangelizando.
    Ele tem liberdade pra me ligar a hora que quiser, sempre digo onde estou e cuido dele com muito amor e o respeito como um homem de Deus.
    Ele também me respeita em tudo, mas quando se trata de cíume é algo muito terrível.
    Bispo, sou supervisora de vendas externas trabalho gerenciando uma equipe de vendedores externos tanto homens, quanto mulheres. Estou acostumada a participar de reuniões e feiras pelo Brasil inteiro, sou uma mulher de negócios.
    Ele me disse que não aceita mais que eu trabalhe viajando e eu disse tudo bem, concordo também quero ficar perto de vc.
    Abandonei as viagens por ele. Então disse vou arrumar outro emprego que fique somente em nossa cidade, a questão Bispo é que minha profissão mesmo sem viagens ou é gerente interna ou supervisão externa e sempre tenho contato profissional com homens e isso é algo natural para mim é uma questão profissional. Tenho que ministrar treinamentos ,palestras e etc.
    Mesmo que não viaje tenho que visitar clientes em minha cidade e as vezes até participar de um almoço de negócios com o representante e o cliente e definir alguns processos de venda.
    Ele não aceita a idéia. Disse que ele vai abrir o próprio negócio e eu vou ficar só em casa.
    Sinceramente não me importo de cuidar da casa,pois gosto muito de cozinhar e cuidar do lar.
    O que me preocupa é que isto esta sendo imposto, ele disse confia em mim,mas não nos outros.
    Ele quer me colocar dentro de uma caixa. Nunca tive nenhum relacionamento do trabalho, nunca ninguém faltou com o respeito ou me disse uma “gracinha“. Primeiro é que tenho o cargo de chefe e segundo que me dou ao respeito e nunca tive problema com isso.
    Mas ele disse que não posso visitar os clientes com meu vendedor no mesmo carro, sendo que a empresa só fornece um carro. E as vezes tenho que fazer as primeiras visitas com o vendedor para treina-lo e depois o vendedor vai visitar sozinho e eu só gerêncio.
    Meu líder de evangelização pediu pra eu dar um recado para outro evangelista e ele viu de longe e mandou mensagem enquanto eu estava evangelizando, querendo saber o que estava falando com aquele evangelista com 200 pessoas ao nosso redor, isto é um absurdo.
    Porque estava falando no meio de todo mundo e não escondido. Disse a ele que meu líder pediu pra passar o proposito de oração da semana e ele disse que eu não tenho que passar nada pra homem nenhum, e sim que meu líder que faça.
    Fiquei muito triste, não sei mais o que fazer ele tem acesso a toda a minha vida. Sabe quem eu sou porque pensar mau de mim?.
    Esta atrapalhando minha vida com Deus, pois estas discussões me deixam triste.
    Mas eu vou evangelizar do mesmo jeito, não vou deixar o diabo me parar, mas confesso que é difícil segurar o choro.
    Já conversamos diversas vezes sobre isto, ele sempre perde perdão e diz que vai mudar.
    Mas derrepente faz tudo de novo e até pior, joga na minha cara meu passado maldito.
    Ele também não tem um passado bonito ele era prostituto, tinha diversas mulheres,mentiroso, traidor e etc.
    Mas nunca joguei isso na cara dele porque o Senhor Jesus apagou esse passado, ta amarrado se eu fosse olhar para isso jamais confiaria nele.
    Porem sou tranquila, não encomodo, não tenho ciúme de nada.
    Aí ele diz que não gosto dele.
    Não é isso, mas confio em Deus e se creio que ele é de Deus como vou ter maus olhos com ele? Eu estaria pecando, transformado em imundo aquilo que Deus purificou.
    Eu o amo, mas quero agradar a Deus, sempre achei que ganharíamos muitas almas juntos.
    Mas hoje vejo tudo isso acontecendo e já não sei o que fazer.
    Queria que fossemos conversar com o pastor, mas ele não aceita e diz que temos que resolver nós dois.
    Mas acho que já tentamos e não conseguimos. Eu disse varias vezes pra ele conversar com o pastor líder dele. Mas ele me disse que não. Que cada um tem sua fé. Que eu tenho uma dor de barriga e quero já pedir ajuda do pastor.
    Mas não é verdade, só estou querendo salvar nosso relacionamento que começou tão bonito, fomos abençoados no altar. Somos tidos como exemplo e esta tudo desmoronando.
    Venho de um casamento em que fui agredida e traída e meu ex marido era muito ciumento e violento sem motivo.
    Porque ele me traia achava que eu faria também, mas sempre fui fiel e sofri muito.
    E nem por isso trato meu namorado como uma pessoa perturbada por no passado ele ter sido um cafajeste. Eu o respeito, ele sempre tem a ultima palavra, deixo ele escolher tudo, faço de tudo.Pois sou submissa a Deus e para ele como forma de agradar a Deus.
    Me a ajude Bispo.
    Mara

  10. Luis Graca 4 years atras

    Boa tarde bispo eu quero compartilhar com o Senhor, os resultados positivos que tenho tido nos desafios do IntelliMen.

    Eu confesso ao senhor que não queria participar, a minha esposa me incentivou e do graças a Deus por isso porque ao longo desses desafios muito coisas mudou em mim

    1° Antes de estar de pastor eu era um profissional de basquetebol, mas mesmo assim eu perdi toda a vontade de fazer exercícios físicos e através dos desafios comecei a fazer exercícios físicos eu estava com 103 quilos, hoje estou com 89 quilos, também estou a comer comidas mais saudáveis, cortei certos alimentos e bebidas como:hambúrguer, frituras, red bull, Coca-Cola.

    2°- Vezes veio na minha mente o pensamento de deixar de fazer as tarefas, e a 1 coisa que Deus me faz lembrar, é o que eu digo ao povo quando eu quero que eles façam uma corrente de oração, Que eles não devem quebrar as correntes de orações, e ai ganhei ânimo e disse para mim mesmo que tenho que viver aquilo que prego, e tenho que acabar aquilo que começo.

    3°- Comecei a reconhecer que era hora de mudar certas atitudes que tinha, principalmente quando me chateava com alguma coisa o meu tom de voz ficava muito arrogante, graças a Deus quebrei isso

    4- O propósito de joão foi uma bênção, cada dia estava como uma criança ansioso para saber que revelação Deus me daria naquele dia.

    Muito obrigado pela sua atenção.