Blog

O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. 1 Coríntios 13:4-7

Essa é uma das passagens mais conhecidas da Bíblia porque é muito usada em cerimônias de casamento, mas quando o assunto é levado à pratica, é outra história. Amar não é tão fácil como dizem por aí.

Muitos têm uma ideia errada do amor por causa da paixão, que muitas vezes se passa por amor. Um exemplo: amor à primeira vista. Ninguém ama à primeira vista, mas se apaixona… só que se fala “amor à primeira vista”. É assim que o amor vai sendo definido erroneamente e as pessoas levando gato por lebre.

Vamos focar numa parte do versículo acima: amor é sofredor.

No original, esse termo sofredor significava “paciente”, o contrário do que aparenta significar hoje – aliás, virou até cultura achar que amar é sofrer… Não, não é sofrer, e sim ser paciente, aguentar firme em fazer o bem. Uma pessoa que ama alguém de verdade se ama também. Uma pessoa que não se ama não pode amar a mais ninguém.

É por isso que muitas pessoas dizem amar mas não conseguem confiar, são ciumentas, são rixosas, egoístas, e outras tantas coisas que não têm nada a ver com o amor. No fundo, elas não amam, elas são apaixonadas.

A paixão faz você sofrer, não importa como esteja sendo tratada por alguém, não importa se ela é infiel a você ou se ela está sendo infiel a outro alguém. A paixão é ciumenta, invejosa, irritada, violenta, folgada, injusta, enfim, o oposto do versículo acima.

Através da paixão, muitos lares têm se destruído, jovens se desvalorizado e crianças nascido a três por dois sem ter um pai, e muitas vezes até sem uma mãe.

Está aí a razão do trabalho árduo da Terapia do Amor, que muitos preconceituosamente têm rejeitado. Talvez a vida amorosa dessas pessoas que rejeitam esse trabalho seja um pedacinho do inferno. Não dão valor porque não conhecem nem valorizam o amor. Pensam que a paixão que sentem vai superar alguma coisa, por isso estão sempre sofrendo no amor.

Não, minha amiga, amor não faz ninguém sofrer. Se você sofre é porque você não conhece o amor.

Venha participar hoje mesmo, quinta-feira, da Terapia do Amor. Aqui no Templo de Salomão às 10h, 15h, e 20h e em muitas outras localidades. Para mais endereços, veja o link.

Na fé.

Colaborou: Cristiane Cardoso

Participe! Deixe seu comentário sobre este post

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com