Blog

O personagem Asher, que está sendo muito bem interpretado pelo ator Dudu Azevedo, não “existiu” necessariamente, mas ele faz parte da história do Rico e Lázaro, que o Senhor Jesus contou em Lucas 16:20-31

“Havia também um certo mendigo, chamado Lázaro, que jazia cheio de chagas à porta daquele; e desejava alimentar-se com as migalhas que caíam da mesa do rico; e os próprios cães vinham lamber-lhe as chagas. E aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico, e foi sepultado. E no inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio. E, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim, e manda a Lázaro, que molhe na água a ponta do seu dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama. Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que recebeste os teus bens em tua vida, e Lázaro somente males; e agora este é consolado e tu atormentado. E, além disso, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que quisessem passar daqui para vós não poderiam, nem tampouco os de lá passar para cá. E disse ele: Rogo-te, pois, ó pai, que o mandes à casa de meu pai, pois tenho cinco irmãos; para que lhes dê testemunho, a fim de que não venham também para este lugar de tormento. Disse-lhe Abraão: Têm Moisés e os profetas; ouçam-nos. E disse ele: Não, pai Abraão; mas, se algum dentre os mortos fosse ter com eles, arrepender-se-iam. Porém, Abraão lhe disse: Se não ouvem a Moisés e aos profetas, tampouco acreditarão, ainda que algum dos mortos ressuscite.”

Quem assistiu a novela desde o início já viu essa cena no inferno e, por mais que a intenção não fosse mostrar qual personagem representa o rico, creio que está bem claro. 🙂

No entanto, o personagem Asher tem uma certa mágoa de Deus. Ele perdeu sua família cruelmente e joga toda culpa dessa tragédia nos babilônicos e em Deus – como é de costume das pessoas, que sempre têm de culpar alguém e a Deus. De fato, os babilônicos invadiram Jerusalém e mataram muitas pessoas, mas isso já vinha sendo profetizado pelo profeta Jeremias durante anos, como falamos em um post anterior. A profecia alertava Israel, pois se não se voltasse para Deus, estaria vulnerável aos outros povos, e não deu outra!

Deus alerta, avisa, dá muitas chances (mais que qualquer outra pessoa nesse mundo), mas Ele não pode mudar o coração de alguém. Quando algo de ruim acontece, Ele não fica lá do alto dizendo: “Tá vendo, eu falei que isso ia acontecer!!!!” Pelo contrário, Ele sofre… mais do que imaginamos. Como Pai, Ele não pode impedir que muita coisa aconteça na vida do ser humano quando este está longe dEle… infelizmente.

Não é justo culpar a Deus por nossas escolhas. Asher é um personagem de caráter, mas muito revoltado, e por isso, sofre muito. Dentro dele, há tanta raiva que ele não consegue nem pensar direito! Você vai ver nos próximos capítulos… o cabeça de bode vai penar, e muito, mas repare como sempre haverá um atalho… como se Deus o estivesse poupando o máximo que Ele pudesse…

Um dos atalhos que ficou bem óbvio nos capítulos dessa semana foi a nova amizade (mesmo que de implicância atualmente) com Lior. Mesmo sofrendo como escravo, passando sufoco, longe de todos que um dia conheceu, Asher é presenteado com um amigo, que o ajuda inúmeras vezes. A amizade desses dois será de suma importância para a caminhada de Asher!

Saiba enxergar os atalhos que Deus coloca em seu caminho, e aproveite-os para se aproximar dAquele que tanto lhe quer de volta.

Na fé.

P.S. A novela “O Rico e Lázaro” vai ao ar de segunda à sexta, às 20h30, pela Record TV.

 

Colaborou: Cristiane Cardoso

Participe! Deixe seu comentário sobre este post