Não escolhemos vir ao mundo, mas temos o direito de escolher onde viver a eternidade.

Blog

Quando tratamos da alimentação para o corpo, existe um imenso cardápio com muitas variedades. Mas quando tratamos da alimentação para o espírito, existem apenas duas opções.

Disse-lhes Jesus: A Minha comida consiste em fazer a vontade dAquele que Me enviou “e realizar a Sua obra”. João 4.34

A comida do Senhor Jesus é fazer a Vontade do Pai.
A comida do diabo é quando a sua vontade é praticada.

Nós nos alimentamos de uma ou de outra, mas nunca das duas ao mesmo tempo.
Sempre que fazemos a Vontade de Deus, nos alimentamos da comida do Seu próprio Filho.

Sendo assim, são as nossas decisões que determinam qual será a comida que nos alimentará.
Existem comidas que são prejudiciais à saúde física, podendo, com o tempo, até levar a pessoa à morte.
Existem também as que são prejudiciais à saúde espiritual.
O pior de tudo é, de forma consciente, fazer a vontade do diabo. Eu até posso dizer que isso é praticar a eutanásia na própria fé.

Essa é a razão pela qual muitos até começaram a obra, mas não tiveram condições de realizá-la por completo.

Bispo Djalma Bezerra
Colaborou: Bispo Djalma Bezerra

Participe! Deixe seu comentário sobre este post

Você sabia que também pode receber as mensagens do meu blog por e-mail? Preencha abaixo: