Não escolhemos vir ao mundo, mas temos o direito de escolher onde viver a eternidade.

Blog

O inferno é o quartel general da injustiça. Lá está sua fortaleza, a origem de todas as espécies de injustiças sociais, profissionais, sentimentais, familiares etc.

É simplesmente impossível o homem natural, por si só, por maior que seja seu potencial econômico, governamental e intelectual, destruir o exército da injustiça que domina este mundo, já que suas investidas contra o ser humano estão espalhadas por todas as camadas da sociedade no mundo inteiro, como escrito está:

… todo o mundo jaz no maligno. 1 João 5.19

Para vencer o espírito da injustiça não é suficiente ser evangélico, frequentar uma igreja, ser membro, obreiro, pastor, bispo, diácono ou ter um posto na igreja, não! É necessário que suas armas contra o espírito da injustiça sejam

… poderosas em Deus para destruição das fortalezas…
2 Coríntios 10.4

Só a fé racional é capaz de destruir toda casamata da injustiça. Você só poderá vencer todo o inferno quando manifestar a sua fé através do sacrifício de renunciar as emoções e os desejos carnais que o diabo oferece, como mentira, prostituição, malícia, enfim o pecado, e colocar toda sua vida no Altar, tudo que é, tem e pretende ter para ficar na dependência do Altíssimo.

Abraão vivia nessa fé. Ele foi justificado por ela; sua vida estava inteiramente no Altar, que é a base da justiça.

… justiça e juízo são a base do Seu trono. Salmos 97.2

Quando ele precisou reivindicar a justiça Divina, revoltado por andar correto, amar sua esposa, ser fiel e não ter uma descendência (um filho), a justiça o atendeu.

…Olha agora para os céus, e conta as estrelas, se as podes contar. E disse-lhe: Assim será a tua descendência. Gênesis 15.5

Quando precisou livrar seu sobrinho da destruição de Sodoma e Gomorra, buscou na justiça Divina seu direito, e novamente foi atendido.

Longe de Ti que faças tal coisa, que mates o justo com o ímpio; que o justo seja como o ímpio, longe de Ti. Não faria justiça o Juiz de toda a terra? Gênesis 18.25

Meus amigos, só alguém que anda na justiça e manifesta a fé do sacrifício no Altar é capaz de falar com Deus com tanta intimidade, ousadia e liberdade a ponto de, por sua causa, o Altíssimo livrar unicamente seu sobrinho e sua família da destruição de Sodoma e Gomorra. Quando vivemos essa fé, temos o direito de ter uma qualidade de vida justa na saúde, família, trabalho e em todos os sentidos. Afinal, temos como Pai o “Juiz de toda a terra”, não é verdade?

Deus os abençoe!

Bispo Sergio Corrêa
Colaborou: Bispo Sergio Corrêa

Participe! Deixe seu comentário sobre este post

Você sabia que também pode receber as mensagens do meu blog por e-mail? Preencha abaixo: