Não escolhemos vir ao mundo, mas temos o direito de escolher onde viver a eternidade.

Blog

Seis dias depois, tomou Jesus consigo a Pedro, e a Tiago, e a João, seu irmão, e os conduziu em particular a um alto monte. E transfigurou-Se diante deles; e o Seu rosto resplandeceu como o sol, e as Suas vestes se tornaram brancas como a luz. Mateus 17.1,2

O Senhor Jesus chamou os discípulos em particular no Monte Hermom porque o que iria acontecer entre Ele e os três era algo muito íntimo. Assim também deve ser a entrega da vida da pessoa no Altar. É uma separação de tudo e de todos, algo íntimo, algo particular entre ela e Deus, sem interferência de nada nem de ninguém.

Jesus sabia o que iria acontecer no Monte e, como sempre, Ele estava consciente de que aquele sacrifício de subir ao alto Monte seria válido.

Todos devem ter essa mesma consciência para compreender que é necessário um despojamento total, uma entrega completa da vida para o recebimento do Espírito do Altíssimo, pois essa fé sacrificial é o caminho que leva o candidato ao batismo com o Espírito Santo para o Altar.

Quando o Senhor Jesus foi transfigurado, Ele queria mostrar aos discípulos o que aconteceria com eles e com todos os que viessem a ser batizados com o Espírito Santo. O rosto de Jesus brilhava como o sol e o Seu vestido se fez branco como a luz, ou seja, uma mudança por dentro e por fora. E é isso o que acontece com a pessoa quando ela é batizada com o Espírito Santo, há uma mudança radical no interior e também no exterior dela.

E quanto custa isso? Isso tem preço? Não, não tem preço! O seu valor é incalculável por tratar-se de vida, e uma vida não tem preço.

A proposta deste Jejum de Daniel é a transfiguração, a transformação completa. Por isso, no dia 11 de outubro, os homens de Deus estarão determinando desde o alto do Monte Hermom que todos aqueles que creem sejam revestidos de poder e transfigurados.

Você crê? Quem crê estará, em espírito, no Monte Hermom.

Bispo Romualdo Panceiro
Colaborou: Bispo Romualdo Panceiro

Participe! Deixe seu comentário sobre este post

Você sabia que também pode receber as mensagens do meu blog por e-mail? Preencha abaixo: